OBJETIVOS

A Associação Brasileira de Estudos Canadenses, desde sua fundação, vem cumprindo um importante papel no sentido de possibilitar a difusão e o reconhecimento dos estudos canadenses no Brasil e de apoiar pesquisadores que dedicam suas pesquisas científicas e intelectuais a esta área. 

ATIVIDADES

• Contribuir para o fortalecimento dos laços acadêmicos entre estudantes, pesquisadores, professores e instituições canadenses e brasileiras.
• Difundir os estudos canadenses no Brasil e no exterior.
• Divulgar bolsas, programas e eventos na área dos estudos canadenses.
• Ajudar a promover as atividades dos Núcleos de Estudos Canadenses.
• Editar a revista acadêmica Interfaces Brasil / Canadá.
• Apoiar livros e publicações diversas que abordem a temática Brasil/Canadá.
• Promover congressos, seminários, encontros, conferências, estudos e pesquisas.
• Estabelecer convênios e acordos de cooperação nas áreas de sua abrangência.
• Assessorar professores e especialistas canadenses durante sua permanência no Brasil.
• Colaborar com as atividades dos bolsistas brasileiros durante seus estudos no Canadá.

HISTÓRICO

A Associação Brasileira de Estudos Canadenses (ABECAN) foi criada oficialmente em Curitiba, em 30 de abril de 1991. Seu congresso inaugural respondeu aos anseios da comunidade brasileira interessada no desenvolvimento dos estudos canadenses no país. Eram na ocasião 96 sócios fundadores. Esse quadro social ampliou-se e consolidou plenamente a Associação, configurando-a como uma das mais atuantes do país.

Retraçando uma breve perspectiva histórica, depois daquele primeiro encontro, realizado na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, a ABECAN permaneceu sediada nessa universidade até 1995. A seguir foram sedes as seguintes instituições: Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal de Goiás (UFG), Centro Universitário La Salle Canoas/RS (UNILASALLE) e Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC), todas elas procurando manter os principais objetivos que orientavam a ABECAN: propiciar a união com o Canadá dos interessados no estudo da cultura, da ciência e da tecnologia daquele país e incentivar esse relacionamento; estimular o intercâmbio de temas brasileiros e canadenses nos mais diversos campos do saber; contribuir para o aprimoramento e a divulgação de estudos canadenses; servir como fonte de informação e consulta à comunidade interessada em assuntos canadenses e comparados.

Entre as atividades que a ABECAN desenvolveu durante estas duas décadas em que esteve ativa, sublinha-se a promoção de congressos internacionais, seminários, encontros, conferências, estudos e pesquisas. Seus destacados congressos internacionais, em número de onze – o último deles, o XI, realizado em Salvador em 2011 – foram palco de encontro de canadianistas vindos de norte a sul do Brasil, das Américas e da Europa, para entrecruzar saberes a partir de diversos temas propostos, entre eles, notadamente: cartografias imaginárias, patrimônio e culturas locais, estratégias organizacionais, diversidade e desenvolvimento sustentável, educação, linguagens e produção cultural, relações interamericanas, saúde e qualidade de vida. Por se tratar de congressos internacionais e multidisciplinares, esses eventos receberam um público abrangente de estudiosos e pesquisadores, representativo das diferentes áreas humanas do conhecimento, que privilegiaram, pelo viés do comparatismo, uma gama de possibilidades teóricas, críticas e culturais, relevantes nos estudos da contemporaneidade e que caracterizam ainda hoje os estudos canadenses desenvolvidos no Brasil.

Além de estabelecer convênios e acordos de cooperação nas áreas de sua abrangência, de assessorar professores e especialistas canadenses durante sua permanência no Brasil, de acompanhar as atividades de bolsistas brasileiros durante seus estudos no Canadá, a Associação Brasileira de Estudos Canadenses notabilizou-se por fomentar publicações. Em nossos dias, em contexto de restrição orçamentária depois dos cortes substanciais, em 2012, dos subsídios oferecidos pelos governo canadense, lamenta-se a inexistência de várias das citadas iniciativas. Mesmo assim, a Associação mantém a revista Interfaces Brasil Canadá, principal veículo dos estudos canadenses no sul das Américas, criada na década de 2000, e que, basicamente, propõe a reunião de estudos literários e culturais e a abertura para a multidisciplinaridade.

Em 2016, quando em abril completa seu quarto de século, é importante retomar esses marcos, compreender o papel que desempenhou para a construção de um mundo aberto à diversidade cultural, e ensejar à ABECAN um futuro profícuo.

Por Nubia Hanciau, em 02/04/2016.

DIRETORIA

Diretoria
Presidente: Monique Vandresen (Centro de Artes UDESC)
Vice-presidente: Gunter Axt (pós-doutorando Direito UFSC)

Conselho Deliberativo
Andrea Pacheco Pacífico (Universidade Estadual da Paraíba)
Kelley Duarte (Universidade Federal do Rio Grande)

Conselho Fiscal
Roland Walter (Universidade Federal de Pernambuco)
Paulino Vandresen (Universidade Federal de Santa Catarina)
André Pereira Feitosa (Universidade Federal de Itajubá)

HISTÓRICO DE
DIRETORIAS

1991-1995
Presidente:
José Antônio Fedalto (PUC-PR)
Vice-Presidente:
Denise Gurgel Lavalée (UNEB)

1999-2001
Presidente:
Zilá Bernd (UFRGS)


2004-2006
Presidente:
Nubia T. Jacques Hanciau (FURG)
Vice-Presidente:
Humberto Luiz Lima de Oliveira (UFFS)

2008-2010
Presidente:
Rosa Maria Berardo (UFG)
Vice-Presidente:
Dilma Mello (UFU)

2012-2013
Presidente:
Zilá Bernd (UNILASALLE)
Vice-Presidente:
Gunter Axt (UNILASALLE)

1995-1999
Presidente:
Denise Gurgel Lavalée (UNEB)
Vice-Presidente:
Zilá Bernd (UFRGS)

2001-2003
Presidente:
Sandra Regina Goulart de Almeida (UFMG)
Vice-Presidente:
Sabastién Joachim (UFPE)

2006-2008
Presidente:
Ana Rosa Neves Ramos (UFBA)
Vice-Presidente:

2010-2012
Presidente:
Sérgio Barbosa de Cerqueda (UFBA)
Vice-Presidente:
Lícia Soares de Souza (UNEB)

EDITORIAS DA REVISTA INTERFACES BRASIL/CANADÁ

2001 – 2003 

2004 – 2010 

2011

2012/1 

 
2012/2 – 2013/2 


2014/1
 


2014/2 - 2015/1


2015/2

Zilá Bernd (UFRGS)

Nubia Hanciau (FURG) e Eloína Prati dos Santos (FURG)

Maria Bernadette Velloso Porto (UFF)

Maria Bernadette Velloso Porto (UFF), Arnaldo Rosa Vianna Neto (UFF) e Gunter Axt (Unilasalle)

Rubelise da Cunha (FURG), Zilá Bernd (Unilasalle/UFRGS) e Gunter Axt (Unilasalle/Diversitas-USP)

Luciana Rassier (UFSC), Magali Sperling Beck (UFSC), Gunter Axt (Diversitas-USP), Monique Vandresen (UDESC)

Gunter Axt (Diversitas-USP), Zilda Iokoi (Diversitas-USP), Monique Vandresen (UDESC)

Gunter Axt (Diversitas-USP), Zilda Iokoi (Diversitas-USP), Fábio Vergara Cerqueira (UFPel), Monique Vandresen (UDESC)